TEMPO DO SERIDÓ

Chuva no sertão (Versos)


Versos do inverno no sertão

Cheiro de Chuva

"No sertão nordestino a essência mais sonhada, o perfume mais desejado é o cheiro da chuva.

O cheiro da chuva que antecede a invernada trás alegria e renova as esperanças de um ano de fartura para esse povo trabalhador.

A chuvarada faz o sertão trocar o cinza ressecado pelo verde e florido, traz o sorriso fácil, uma mesa farta e animais bem tratados".

(Redação OpenBrasil.org)

A chegada do inverno no sertão

O relâmpago ao longe faz clarão
Eu de pé no terreiro aprecio o poder da natureza
Como é majestosa sua beleza
O cheirinho da chuva se faz sentir
Com certeza a chuva está por vir
Se Deus quiser este ano a gente planta, colhe e cria
Porque nossa alegria
É o barulho da chuva no telhado
Ver o terreiro e o roçado todo molhado
De lembrar fico até arrepiado
A água doce e nova descendo pela bica do telhado
Vai enchendo a cisterna lentamente
De repente
O trovão estrondante avisa
O inverno chegou para nossa felicidade
Minha vontade
É plantar logo meu roçado
Ver feijão florado
Milho bonecado
Vaca, boi, carneiro todos bem tratados
E no mês de São João ter muita fartura
Fazer muito bolo, canjica e pamonha
Porque no sertão é assim
Quando o inverno chega
O cinza da paisagem e a fome vão embora
Chega o verde, as flores e a fartura
Muito obrigado meu Deus
Muito obrigado meu Pai do céu
Agradeço sempre
Tirando meu chapéu.

(Redação OpenBrasil.org)

Relampeou

"Relampeou lá na ponta do serrote
Riacho cacimba e pote
Com certeza vai encher"

(Elino Julião (Timbaúba dos Batistas RN, 13 de novembro de 1936 — 20 de maio de 2006) foi um cantor e compositor de forró conhecido pela forte ligação à cultura da região do Seridó, no Rio Grande do Norte)

Inverno no Sertão

A cortina d'água enche o sertanejo de alegria,
Com sua chegada, de tão aguardada vira até folia,
O céu se agita, nuvens pesadas escondem o sol,
Raios e trovões anunciam,
É inverno,
É chuva no sertão,
Esperança de um ano de fartura no coração,
Se o inverno ajudar,
Tudo que si plantar,
A terra dar e cria,
E povo se enche de alegria.

(Redação OpenBrasil.org)

A Chuva chegou no sertão

A chuva chegou
A caatinga se enche de vida
É um momento precioso
Para quem vive no sertão
Não existe dia mais esperado
Ver o tempo todo nublado
E o som da chuva forte no telhado
E como por encanto
A terra se enche vida
Não tem coisa mais bonita
Ver a transformação desse sertão castigado.

(Redação OpenBrasil.org)

Glossário do sertão

Animais bem tratados: Animais gordos e bem alimentados.
Milho bonecando ou bonecando: Começar a brotar espiga do milho no pé (milharal)

Antes e depois das chuvas no sertão nordestino:


Paisagens do Seridó - Conheça e se encante por uma das mais belas regiões do Brasil, a região do Seridó Potiguar.

ACESSE:
› PAISAGENS DO SERIDÓ

Fonte: OpenBrasil.org
Foto: Jaelson Pontes (Antes e depois das chuvas)


Tempo do Seridó - OpenBrasil.org
TEMPO DO SERIDÓ
Acumulado de chuvas do ano.

Clique na imagem para ampliar.

Postagens mais visitadas